sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Idosos resgatam memórias com passeio na Linha Turismo em Porto Alegre

Centro Dia do Idoso levou grupo de 20 pessoas, entre 65 e 100 anos, para o trajeto
Grupo aproveitou passeio nesta quinta-feira em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer
Grupo aproveitou passeio nesta quinta-feira em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer

  • Franceli Stefani
Os olhos de Erica da Silva Lessa, 88 anos, brilhavam ao ver paisagens diferentes da que está acostumada em Porto Alegre. A bordo do ônibus da Linha Turismo, fez questão de subir a escada que leva para a parte aberta do coletivo, na tarde desta quinta-feira. Tudo para aproveitar ao máximo cada detalhe do passeio. Organizado em comemoração à Semana do Idoso, o trajeto Centro Histórico da linha iniciou às 15h e se estendeu até por volta das 16h40min.
Ela, junto com outros 20 integrantes do Centro Dia do Idoso (CDI) – Portal da Felicidade, teve a oportunidade de conhecer novas visões da cidade de forma gratuita. A maioria dos velhinhos pouco sai de casa, a não ser nas atividades promovidas pelo CDI. “Eu tenho problema nas pernas, então fica mais difícil. Eu pouco passeio, então eu gostei de tudo, de cada detalhe”, disse Erica, enquanto esperava o restante da turma para fazer uma foto coletiva.
Encantada com a paisagem, teve recordações da época que era criança, ao passar pelo Asilo Padre Cacique. “Eu me criei lá dentro. Minha mãe foi cozinheira no local durante quase toda a vida dela. Tive boas lembranças”, afirmou. Com um sorriso no rosto, destacou que valeu a pena cada minuto da viagem. “Subi até aqui me agarrando, mas faria tudo de novo”, enalteceu.
A alegria ficou visível também no rosto de Hermenegildo Gamboa Filho, 100 anos. Durante todo o trajeto permaneceu sentado no primeiro andar do coletivo, ao lado de outros amigos. “Conheço Porto Alegre como a palma da minha mão. Já fui fiscal na Carris há muitos e muitos anos, em uma época bem diferente”, relatou ele, que em dezembro festeja o 101º aniversário. Segundo o ancião, a cidade é a mesma da época em que costumava sair de casa com frequência. “É igual à que sempre conheci, mas há muitos edifícios novos, altos. A paisagem sempre encanta”, frisou.
Conforme a coordenadora do CDI, Maria Regina Philomena, o passeio é importante porque resgata a memória, as lembranças e as vivências que cada um teve no passado. “Os participantes da iniciativa tem de 65 a 100 anos. Eles que escolheram essa atividade e basta olhar para cada um e confirmar a alegria”, destacou. Maria salientou que a maioria queria ver os prédios antigos de Porto Alegre. “Ficamos muito felizes que foi um dia lindo, ensolarado e de temperatura agradável. Todos puderam aproveitar do começo ao fim.”
Foto: Mauro Schaefer
O Centro funciona junto ao Serviço de Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Ampliado Sul Centro-Sul, no bairro Cavalhada, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 17h. Durante o dia são oferecidos lazer, cuidados, oficinas e alimentação. Os idosos que participaram da visitação vivem em situação de fragilidade social e são atendidos pelo serviço da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc).
Linha Turismo
O foco do roteiro feito pelos idosos são os atrativos históricos, arquitetônicos e culturais da região mais central, onde a cidade nasceu. Entre os destaques são a Praça da Matriz, a Usina do Gasômetro, às margens do lago Guaíba, e o Parque da Redenção. O passeio possui o funcionamento Rop On – Rop Off, o que permite aos passageiros que com o mesmo ticket façam o embarque e o desembarque em cerca de seis pontos do trajeto, permanecendo em torno de uma hora, para conhecer em mais detalhes os lugares e serviços dos bairros percorridos.
Conforme a monitora, Cíntia Casagrande, o público é formado por turistas e também moradores da Capital e cidades do entorno. "Os ingressos custam R$ 30 e podem ser adquiridos no Terminal 9 (Travessa do Carmo, 84) e no Mercado Público. Aceitamos todos os cartões e o bilhete é válido durante o dia todo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário